A tal gripe A

Esse post é baseado na seguinte premissa:  “Odeia a mídia? Seja  a mídia”

E a justificativa pra isso é que dessa vez as coisas estão indo num ritmo absurdo. Não sei se até hoje em minha vida vi algo assim acontecer,  as pessoas, de fato, estão usando máscaras sem a necessidade, estão evitando se tocar, puxando papo no elevador sobre isso, lavando a mão com álcool, evitando escutar outros “problemas”. O mundo não tem outras doenças mais, não morre gente assassinada todo dia em todo canto, enfim. Já fiz um post sobre a gripe suína (nome que poderia ser abolido, porque porcos não criam vírus) há um bom tempo atrás, e de lá pra cá, as coisas só ficaram piores. Por isso, resolvi juntar alguns artigos e vídeos pra que talvez possamos ao menos parar de reproduzir só as besteiras que a grande mídia nos passa diariamente e pensarmos de forma mais racional e  ‘individual’ (ver ultimo vídeo).

Artigos:

– Grave mesmo é a epidemia de mau jornalismo (clique aqui).

e alguns relatando o óbvio:

– Indústria farmacêutica lucra com medicamentos contra gripe suína  (clique aqui).

– Gripe suína dá novo estímulo à indústria farmacêutica  (clique aqui).

– Brasil triplica distribuição de remédio contra a gripe suína (clique aqui).

Vídeos:

Aqui um médico fala sobre como o vírus foi criado em laboratório juntamente com outros que já saíram de moda, como o da gripe “aviária”. Que a indústria farmacêutica vive de doenças, todo mundo já sabe, mas mesmo assim tem alguns dados interessantes.

“operação pandemia” – mais alguns dados interessantes e colocados de forma prática.

“humanos são como ovelhas” – esse vídeo é ótimo, é perfeito pra refletirmos sobre essa perpetuação eterna de qualquer coisa que vemos.

De toda forma, mais uma vez eu sinto em ver a coisa com negatividade, mas é só isso que me vem à cabeça no momento. Trouxe aqui algumas coisas que nos fazem pensar e/ou pelo menos interpretar de outra forma sobre esse caso específico, mas isso nunca será o bastante.  Não sou da idéia que toda essa coisa deve ser ignorada e não devemos nos preocupar ao menos um pouco com isso. Mas o que mais importa, na minha visão, é que não adianta nada sairmos vivos dessa e irmos para outra como se nada tivesse acontecido. Precisamos somar os acontecimentos, os fatos que vão construindo nosso mundo.  Temos que fazer um esforço sim por uma educação verdadeira, pra que tenhamos um pensamento (e um mundo)  livre do mercado.  Consegue enxergar? Nós somos mercadorias (cobaias, etc) uns dos outros  e parece que poucos são os que se preocupam que as coisas voltam-se à nós mesmos ou recaem sobre nossos semelhantes.

Que mundo maluco. Chega por hoje.

3 respostas para A tal gripe A

  1. Adriana disse:

    Enfimmmm um texto descente sobre todo esse absurdo…. será que um dia as pessoas irão pensar antes de acreditarem no que passa na tv ou nos jornais? É… e viva o lucro! Ótimo post.

    http://www.minidrika.blogspot.com – Simples Assim

  2. Joana Bronze disse:

    Estou apaixonada por este espaço!

    Sou vegetariana há pouco tempo, e preciso de conteúdos como esse e pessoas como você para continuar na luta! =D

    É… E sobre a gripe… Sem comentários!

  3. igor disse:

    muito bom,o operação pandemia eu já tinha assistido,
    agora,que o vírus tinha sido criado em laboratório,era quase óbvio pra mim,
    mas eu num tinha tido acesso ao vídeo.
    SEGUINDO !
    acompanha o meu também,quanto mais informação tivermos e quando mais unidos formos melhor.certo ?
    abração !

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: