Quem é quem?

Quem é civilizado?

O que mecanicamente faz a terra produzir alimentos, abarrotando os seus armazéns e depois explora a fome do infeliz, ou o selvagem que divide entre os seus o alimento colhido?
O que politicamente dividiu a terra em continentes, países, estados, cidades, e se mata pela posse dos mesmos, ou o selvagem que jamais estendeu um pedaço de arame farpado? (…)

Luiz Ribeiro Castro de Carvalho

Há de não esquecer que pisamos sobre um solo que não nos quer aqui; não dessa maneira. A cada instante de vida, há a morte caminhando ao lado e tomando o espaço. A ‘civilização’ não pode ser em sua cabeça o egoísmo do ‘ainda não aconteceu comigo’. Sentar no sofá e relaxar não pode ser sinônimo de conforto; não enquanto não eliminarmos o ódio, a fome e as torturas impostas ao seus amigos ou aos amigos dos seus amigos, ou seja, aos terráqueos que estão ao seu lado. Não sei o que vai nos convencer de buscar verdadeiramente uma outra vida, (será quando visualizarmos o fim de tudo?) mas já sei que se batermos nessa tecla será um passo. Não esqueça: Esse mundo não está dando certo e não temos dois planetas para ir para o plano b.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: